Novas alterações às regras da reforma antecipada

O Governo quer colocar em vigor a reforma antecipada e sem penalizações para contribuintes com 60 anos de idade e 48 anos de descontos. “Uma pessoa que tenha uma carreira contributiva dessa dimensão já não terá nenhuma penalização”, afirmou o Ministro do Trabalho Vieira da Silva.

No entanto, estas regras ainda não se aplicam aos funcionários públicos que poderão abandonar o mercado de trabalho se aos 55 anos de idade contarem com 30 anos de descontos; critérios menos restritivos do que os impostos na Segurança Social.



Deixe uma resposta